fbpx

“O útero não é um lugar para guardar medo e dor. O útero é um lugar para criar e dar luz à vida.”
(Mantra sagrado 13º Munay Ki)

O nosso útero está localizado entre a púbis e o umbigo, onde se encontra o chakra sexual (Swadisthana), que significa “a morada da nossa energia vital”.

O útero é um local mágico e belo, oferecido á mulher como uma bênção pela mãe natureza, é um privilegio do feminino, que ainda hoje é recebido por muitas de nós como uma maldição.
Todas as mulheres deveriam receber uma educação que lhes ensinasse a amar, respeitar e a se orgulhar do seu cálice sagrado. Em tempos ancestrais ele foi venerado, honrado e apreciado pelas suas qualidades magicas e geradoras de vida. Essas tradições reconheciam que é do útero que emana o Sagrado feminino, porque é no útero da mulher que nasce a possibilidade alquimica da vida se transcender, de se multiplicar e de transmutar as sombras do inconsciente colectivo, familiar e individual pois é no útero que a Humanidade recebe a possibilidade de se tornar imortal e de se transformar.

É na bênção de sermos mulheres que conseguimos ser terra para a semente
Ser água para o coração daqueles que se aproximam de nós
Sermos fogo e ar para aquecer e dar movimento e forma ás nossas vidas, É no alinhamento perfeito entre o nosso utero, coração e o cosmos que temos acesso á quinta essênciae somos veículos potencializadores da vida

A palavra útero, contém em si mesma a palavra coração.

As mulheres grávidas transportam dois corações físicos dentro de si, dois corações que tocam a música das esferas em uníssono.A mulher tem esta capacidade inata de se ligar e de se abrirDe amar mas também de matar e esterilizarEla tanto mata e esteriliza para foracomo mata e esteriliza para dentro…Nós mulheres“abrimos”facilmente o nosso útero, a quem conseguir aceder á chave para “abrir” o nosso coração, ligamo-nos aos nossos amantes e quando somos feridas emocionalmente, a tendência é para fecharmos simultaneamente a energia uterina e a do coração. Este movimento inconsciente de nos fecharmos sobre nós mesmas… e trancar a energia que flui do coração ao útero, (que é uma energia criativa, amorosa que nos liga ao cosmos e á fonte Divina) faz com que muitas vezes criemos desequilíbrios energéticos, que se vão cristalizar no nosso corpo como doenças ginecológicas.
Para além de que o útero processa os desequilíbrios energéticos dos nossos companheiros e capta as energias do ambiente exterior.

Uma das técnicas de limpeza uterina que ajudam na dissolução dessas energias negativas é a Vaporização do Útero.

A vaporização do útero, é uma prática ancestral que está neste momento a ressurgir das cinzas no ocidente, por serem reconhecidos os seus benefícios para a saúde da mulher
As curandeiras e parteiras Maias usavam os bajos (ba-hos antiga palavra espanhola que traduz Vaginal Banho de Vapor), uma antiga prática de cura. Também os curandeiros coreanos tradicionais usavam ente método para ajudar mulheres com problemas de fecundidade bem como para manter a fertilidade saudável.
As vaporizações uterinas, levam calor ao ventre. Cada planta vai curar, equilibrar ou limpar consoante as suas propriedades especificas. As ervas vão nutrir, tonificar, curar, e oxigenar o sangue, promovem a limpeza e tornam mais suaves os tecidos vaginais e uterinos. O calor húmido abre os poros, o vapor das ervas e óleos voláteis penetram nos tecidos, são absorvidos pela corrente sanguínea tendo um efeito de cura sobre o útero e vagina, beneficiando o sistema reprodutor.Para além da cura fisica algumas plantas têm também um potencial de cura energética

Benefícios das vaporizações do útero

  • Ajuda a limpar memórias uterinas ligadas a vidas passadas
  • Ajuda a limpar memórias uterinas inconscientes ligadas a relacionamentos antigos
  • Ajuda a Limpar energias estagnadas no útero ligadas ao parto ou a experiências traumáticas e de abuso
  • Melhora a circulação, o fluxo sanguíneo para a área a ser tratada
  •  Proporciona uma sensação de bem-estar 
  • Relaxamento 
  • Limpa e tonifica a pele 
  • Alívio de dores (devido ao aumento do fluxo de sangue e oxigênio para a área lesada) 
  • Melhoria do sono 
  • Aumenta a fertilidade 
  • Ajuda a limpar as membranas internas, tecidos vaginais e útero.
  • Trata condições de fertilidade estagnada e/ou esvaziamento incompleto após cada ciclo. Desta condição fazem parte sintomas como TPM, cólicas durante a menstruação, sangue acastanhado, coágulos sanguíneos, endometriose, amenorreia, ciclos longos ou menstruação curta


Indicações 

  • Miomas uterinos
  • Menstruação dolorosa
  • Fraqueza uterina
  • Prolapso uterino
  • Menstruação irregular
  • Quistos ováricos
  • Endometriose
  • Aderências uterinas
  • Ruptura vaginal prévia
  • Menstruação acastanhada ou arroxeada

Contra-indicações

  • Durante a menstruação
  • Sangue menstrual extremamente abundante
  • Infecção vaginal
  • Feridas abertas ou bolhas
  • Em caso de gravidez ou suspeita de gravidez
  • Se usar DIU
  • Em caso de candidíase, fazer a vaporização depois que os sintomas externos estejam amenizados

Procedimentos

  1. Ferver a água com as ervas numa panela
  2. Tradicionalmente colocam-se a àgua e as ervas num alguidar e a vaporização é feita de cócoras com um cobertor á volta da cintura, a posição de cócoras é muito benéfica para o fortalecimento muscular da mulher, enraíza e fortalece a musculatura pélvica.
  3.  Outra forma mais confortável de fazer a vaporização é colocar a panela com a água quente mas não a ferver, por baixo de um banco com o tampo recortado, de forma a vagina encaixar no orifício recortado para receber os vapores e colocar um pano á volta da cintura de forma a re-encaminhar o vapor

NOTA
Cuidado com os bancos artesanais pois pode ocorrer o incidente de a mulher cair e sofrer queimaduras devido á agua quente
Não é aconselhado fazer o banho de vapor vaginal no bidé pois a distancia entre o bidé e a vagina é muito pequena, pode ocorrer o risco de queimadura.

  • Quantidades – 8 colheres de sopa de planta seca
  • Duração – 20-30 minutos
  • Dica – Após o banho deitar na cama durante 1 hora
  • Promover a fertilidade – fazer de duas em duas semanas
  • Manter a fertilidade e manutenção da saúde geral – fazer duas vezes por ano

Plantas medicinais 

  • Alecrim: aumenta a circulação para os órgãos reprodutivos além de ser anti-séptico e purificante. 
  • Lavanda: uma das ervas mais relaxantes, acalma a mente e o corpo, nutre o sistema nervoso. A lavanda serve de anti-séptico para os tecidos vaginais. É também um anti-espasmódico, auxiliando a função uterina saudável.   
  • Oregãos: bom para fazer descer a menstruação. Aumenta o fluxo. Esta erva é benéfica pelas suas qualidades anti-sépticas, estimulantes e fortalecedoras, é uma erva maravilhosa para ajudar na prevenção de infecções. 
  • Calêndula: é utilizada para induzir a transpiração e a limpeza dos tecidos vaginais, também é curativa e auxilia na cicatrização de tecidos dos lábios e do períneo quando submetidos a episitotomia. 
  • Pétalas de rosa: são delicadas e adstringentes para os tecidos dos órgãos genitais. É também relaxante. 
  • Manjericão: estimulante uterino 
  • Artemísia: estimula a menstruação 

Poções e misturas de plantas

  • Amor próprio: rosa, narciso.
  • Fertilidade: geranio, murta, narciso, pinheiro, visco, artemisia, bardana, erva de São João, manjericão, trevo vermelho, camomila, dente-de-leão, videira.
  • Prevenção de infecções e melhoria da saúde geral: artemisia, absinto, arruda, alecrim, oregão, rosa branca e lavanda.
  • Bem estar: alecrim, murta, rosa, canela, carvalho.
  • Purificação: eucalipto, alecrim, camomila, lavanda, salvia, tomilho.
  • Libertar memórias do passado (vergonha): pinho.
  • Relação mente-corpo: calêndula, jasmim, rosa.


Aspectos emocionais

O sistema reprodutor absorve todas as memórias e emoções, para limpeza recomenda-se as seguintes ervas.

  • Medo: arruda, tomilho
  • Ansiedade, nervosismo, inquietude: alfazema, salva.

Espero que dês um bom uso a este conhecimentooferece à tua Yoni uma sagrada vaporização uterina.

com amor
Rute Alegria

Lê o Post

índice

SUBSCREVE
Partilha Com Amigos
Pesquisa Posts

O Útero em Flôr é um blog no qual forneço “ferramentas” para o processo de desenvolvimento integral do feminino e da consciência para uma nova terra.

Este é um projeto que está aberto a todos os que sintam um chamado interior para transformar antigos construtos, transmutar sombras e conhecer melhor os seus corpos de modo a viverem uma vida plena e mais consciente.

Continua a Ler

Posts Relacionados

NOVENA MILAGROSA DA BEM AMADA KUAN YIN

Kuan yin é a Deusa Chinesa da Compaixão, Mestra da hierarquia divina que trabalha na frequência do amor incondicional, é também considerada uma Deusa da doçura, da fertilidade, dos filhos, da maternidade e da lua.

lê mais
Salta para

Outras Categorias

Sucesso no Amor

Fogão de Vénus

Cuidar do Útero

Sagrado Feminino

Magia das Plantas

Harmonia Interior

©2022 Rute Alegria – Todos Os Direitos Reservados